Joy Division reeditam ‘Closer’ em vinil para celebrar os 40 anos do disco

18 de Julho de 1980. A Factory Records lançava o segundo e último disco de estúdio dos Joy Division, dois meses depois do suicídio de Ian Curtis a 18 de Maio desse mesmo ano. Closer ficava automaticamente ligado ao acontecimento, mas nunca foi um disco que tenha vivido na sombra da morte de Curtis, viveu sim nas sombras da poesia de dor e incapacidade de entender a realidade de Ian.

Hoje é um clássico indispensável da cena post-punk e mais além, um disco basilar no entendimento da cena alternativa tal como Unknown Pleasures, disco de estreia editado um ano antes.

Para assinalar a data, Closer vai ser reeditado em vinil no dia anterior ao aniversário, a 17 de Julho, acompanhando-se também de uma reedição dos três singles que foram na altura retirados do álbum: “Atmosphere”, “Transmission” e o mais mediático “Love Will Tear Us Apart”. A reedição dos singles será a primeira desde o fecho da Factory em 1992. Todos vão respeitar o alinhamento original e os lados B’s serão assim ocupados por “She’s Lost Control”, “Novelty” e “These Days” respectivamente.