Depois de Jarvis Cocker se ter encontrado com Iggy Pop na palma da “Red Right Hand” de Nick Cave para o tema do genérico da série Peaky Blinders, agora é a vez de Laura Marling se entregar aos prazeres de brincar aos clássicos.

A britânica, que editou em Março o seu sexto longa-duração, Semper Femina, na sua More Alarming Records, é uma das convidadas para dar som à série da Netflix. Segundo conversa com a NME no princípio de Dezembro, o ex-baixista dos Pulp e responsável pela música de Peaky Blinders, Antony Genn, falava de uma segunda cover a cargo de Laura Marling para a mesma música de Nick Cave, que iria surgir no episódio 6.

No entretanto, no último episódio da quarta época da série, a voz de Laura entrega antes uma versão para o eterno “A Hard Rain’s A-Gonna Fall” do disco de 1962 de Bob Dylan, The Freewheelin. A cover para o tema segue uma abordagem menos doce e frágil da folk, uma vertente que Laura Marling tem explorado com o lançamento do seu disco deste ano, um marco na sua produção discográfica que deixa antever o início de uma nova fase, mais maturada, na carreira de Laura.

Na banda sonora divulgada na íntegra no site da BBC encontra-se, para além da versão de Marling para Dylan, um excerto da cover para “Red Right Hand”, lado a lado com de uma terceira cover feita pelos Fidlar para o tema de Nick Cave, que não está ainda disponível, mas que se supõe ser a mesma que a banda revelou em 2013. Nomes como os de Cave, Radiohead, Johnny Cash, The Kills, Foals e Black Rebel Motorcycle Club fazem também parte do alinhamento.