Um TIPO diz que roubou uma canção e ninguém o desclassifica do Festiv…. ah, esperem. Este TIPO não quer a Eurovisão a seus pés e anda a ver se encontra ideias para se dedicar a Novas Ocupações. Na verdade, não é nada verdade: não se sabe se Salvador (que não é Sobral) Menezes vai estar nos candidatos ao Festival da Canção em 2019, mas de certeza que vai continuar a ocupar o seu lugar enquanto personagem dos You Can’t Win Charlie Brown.

Por agora, TIPO diz que se confessa em mais um dos temas do álbum. À semelhança da música que dá quase nome ao disco e que foi revelada no principio do ano, Menezes aposta em “Confesso”, numa outra canção suave e balouçante nas suas janelas retro para lugares na memória que o próprio assume desta vez serem ocupados por Gainsbourg, Cohen, Bowie e McCartney. O tema arranca aos primeiros segundos para as influências africanas que mostrou, ainda em 2017, nos dois primeiros singles anteriores de apresentação, “Acção-Reação” e “Jugoslávia” (para recordar em baixo), e foge logo de seguida para territórios mais psych e contemplativos.

Salvador tem o seu disco de estreia às portas de ser lançado pela Pataca Discos: Novas Ocupações tem data oficial de lançamento para a próxima sexta-feira, dia 16 de Março, dia em que aproveita para dar uma saltada ao Bairro Alto, em Lisboa, e dar um concerto de apresentação do álbum na Galeria Zé dos Bois. Em jeito de saída com os amigos, o músico lisboeta leva consigo os outros Charlies –  Afonso Cabral, David Santos, João Gil e Tomás Sousa – e despacha o disco na íntegra quase em primeira mão. O primeiro replay a norte é no Porto no Café-concerto da Casa da Música, no dia 18 de Abril.