Ela veio e convidou todo o mundo para a sua festa, como canta no sambinha ligeiro no pé de “Você Não Presta”. E todo mundo veio mesmo, num Outubro que viu Mallu Magalhães completar dez anos de carreira e passar pela Casa das Artes em Famalicão e pelo Centro de Artes de Ovar para a celebração de uma década preenchida com temas de tons sonoros suaves, antes de terminar a digressão promocional para Vem no Teatro Tivoli, em Lisboa.

E é precisamente na cidade onde rematou a tour – a mesma cidade onde a paulista gravou a quase totalidade do seu quarto e último disco e onde vive presentemente com Marcelo Camelo -, que Mallu regressa aos palcos dos festivais, depois de em 2016 ter embalado docemente as plateias do Festival Para Gente Sentada, em Braga, e do Vodafone Mexefest, na capital com as canções da Banda do Mar e do seu Pitanga de 2011.

Mallu Magalhães irá estrear assim o Palco Sagres do NOS Alive com os Future Islands – aquele que foi o primeiro nome confirmado para o palco até agora patrocinado pela marca Heineken. A brasileira contempla o Passeio Marítimo de Algés com as suas melodias de toque vintage no dia 14 de julho, o último dia do festival.

Para o NOS Alive edição de 2018, estão já confirmados os Queens Of The Stone Age, The National e Future Islands.

Mallu Magalhães no Palco Sagres do NOS Alive’18

Mallu Magalhães no Palco Sagres do NOS Alive’18