Muse sem misericórdia

E vão três as revelações, com ou sem buracos negros, para Drones, o futuro novo disco de Matt, Dom e Chis a.k.a. Muse prestes a sair no início de Junho. Depois de “Psycho” que fundia um riff tão mas tão próximo a ”Roadhouse Blues” dos Doors ao militarismo glam de Marilyn Manson na fase Anti-Christ e anteriores encarnações com e sem os Spooky Kids, e do Muse Trade Mark com os falsettos e as guitarras super espaciais e gigantescas  de Bellamy a tomar conta dos zombies e dos drones dançantes de “Dead Inside”, segue-se agora “Mercy” e mais um lyric video.

Se “Mercy” trouxesse o sub-título de “Starlight (Part II)” seria perfeitamente normal tal a semelhança com a linha do single de Black Holes and Revelations. Sem sombra de dúvida os Muse de regresso ao estado embrionário que fez deles donos e senhores maiores do rock de estádio mais ou menos alternativo.

The opening line of ‘Mercy’ – “Help me I’ve fallen on the inside” – is a reference to the protagonist knowing and recognizing that they have lost something, they have lost themselves. This is where they realize they’re being overcome by the dark forces that were introduced in ‘Psycho. – Matt Bellamy