Outubro de 2017 recebeu Nick Cave & The Bad Seeds de volta aos palcos, depois de um período de afastamento de três anos. Pelo meio houve reedições, muitas bandas sonoras, o best of Lovely Creatures, tendo sido o resultado da catarse e exorcismo que foi Skeletal Tree, o disco, e One More Time With Feelings, o filme, escritos e pensados como resposta e reflexão sob a morte do filho de Cave em 2015.

A tour de apresentação de Skeletal Tree, arrancava assim em Copenhaga, com um concerto então registado em vídeo. O resultado foi Distant Sky, o novo filme realizado por David Barnard que estreia em Abril próximo, que atravessa os hinos de sempre da carreira dos Seeds, ao mesmo tempo que se foca no poder acrescido e reencontrado no último longa-duração da banda de Cave, Ellis, Wydler,  Casey, Sclavunos,  Vjestica, Mullins e Torp.

À semelhança de One More Time With FeelingsDistant Sky terá sessões únicas de visionamento no dia 12 de Abril espalhadas por todo o mundo. Portugal e Brasil têm já salas garantidas para os screenings, que podem ser consultados no site oficial do filme aqui., onde se pode também fazer a pré-compra dos bilhetes.

O trailer mostra um pouco do que foi a noite de arranque da tour na capital dinamarquesa e do que se poderá esperar na passagem de Nick Cave And The Bad Seeds pelo NOS Primavera Sound em Junho. A digressão de Skeletal/One More Time tem sido descrita por onde tem passado como uma das mais impressionantes e triunfantes encarnações em palco dos Seeds e de Cave ao longo da história da banda.