O Autódromo de Interlagos, em São Paulo, recebeu nos passados dias 23, 24 e 25 mais uma edição do Lollapalloza Brasil, e mais uma vez a palavra luxo define em pleno os três dias do festival de Perry Farrell dos Jane’s Addiction. Senão ora vejamos: Pearl Jam, The Killers, LCD Soundsystem, Red Hot Chilli Peppers, Lana del Rey, The National, Liam Gallagher, David Byrne e Royal Blood, foram alguns dos nomes que subiram ao palco do evento, e isto só para resumir e fazer inveja.

Foi precisamente entre os Pearl Jam e o criador do Lollapalloza que se deu um dos grandes momentos do festival. Antecipando o aniversário do líder dos Jane’s Addiction, que acontece no dia 29 deste mês, a banda de Eddie Vedder chamou ao palco o vocalista de uma das mais míticas bandas da cena alternativa para lhe oferecer as vozes das milhares de pessoas que assistiam ao último concerto da tour latino-americana das Pearl Jam. Um coro de parabéns antecedeu uma versão de “Mountain Song”, original dos Jane’s Addition, editado no primeiro longa-duração de estúdio da banda de Los Angeles, Nothing Shocking. Quase a chegar aos 60 anos, Farrell continua a mandar aquele carisma e vozeirão.

Os Pearl Jam tocam em Lisboa a 14 de Julho no NOS Alive numa data inserida, tal como o Lolla, na promoção do novo disco ainda sem data marcada mas já com “Can’t Deny Me” a abrir caminho ao 11º álbum da banda de Seattle.