Pins

Chama-se “Young Girls” mas é mais que um simples manifesto de juventude rebelde contra o tédio das cinzentas cidades. É uma canção sobre querer e fazer, sobre sonhar e avançar para a concretização, de parar de achar que “não dá” e “como seria bom se” e todos os “Morte Aos Ses” que pudermos gritar em formato indie-pop melancólico com tanto de Warpaint e Dum Dum Girls como de Drugstore e The Smiths.

“Young Girls” é o segundo vídeo para o novo disco das mancunianas Pins, Wild Nights, e dá sequência à habitual abençoada inconsistência sonora das meninas que sem comprometerem a sua identidade conseguem trocar as roupas ao som com a facilidade de quem muda de make-up todas as manhãs. Quem ouviu o anterior single “Too Little Too Late” sabe do que falamos.

The video is the tale of four girls, thick as thieves. They are dreamers, they are bold and they are bonded by a secret. All for one and one for all.

Wild Nights sai dos fornos da Bella Union em Junho próximo.

alec peterson sig