Sem saber se Lisboa está mesmo na mente deles ou não, o facto é que os Real Estate estão de volta a Lisboa em 2018. Esta será a quarta passagem dos Real Estate pela capital portuguesa depois de os norte-americanos terem actuado na Galeria Zé dos Bois em 2010 e 2011 e terem subido, mais recentemente, no Rock In Rio de 2016, festival que traz também para o ano os The Killers de regresso a Portugal.

A banda de New Jersey deslocalizada para o epicentro criativo nova-iorquino de Brooklyn, lançou este ano  In Mind, o quarto disco de originais desde a sua formação em 2008. Pouco mais de um ano depois, o álbum de estreia homónimo via a luz do dia pela Woodsist, e daí até a assinarem com a Domino foi um saltinho, com Days de 2011 e Atlas de 2014 a levarem o selo da editora.

In Mind continua o passeio melancólico dos Real Estate pelo lado soalheiro de um psicadelismo que parte dos ecos do rock alternativo aliado ao college dos anos 90 – olá The Feelies, Pavement e Pixies – para se reflectir como um sol de final de dia na herança da banda de Lennon e McCartney. Martin Courtney, Alex Bleeker, Matt Kallman, Jackson Pollis e Julian Lynch lançaram para o novo disco os vídeos “Stained Glass” e “Darling” – este o primeiro single extraído do disco.

A banda norte-americana é a segunda confirmação para o Palco Sagres do NOS Alive no dia 14 de Julho, depois de ter sido confirmada ontem a paulista-alfacinha Mallu Magalhães, e a terceira para este palco já que os Future Islands tocam por lá no dia 13. Mesmo dia em que pelo palco principal passam os The National e os Queens Of The Stone Age.

Lê também: Os Real Estate iludem o tempo com “Darling” ao vivo para a Pitchfork Live

Real Estate no Palco Sagres do NOS Alive'18

Real Estate no Palco Sagres do NOS Alive’18