A arte da recuperação de património histórico devia ser subsidiada por lei a quem voltasse atrás no tempo e reinventasse temas intemporais de uma forma divina e lhes desse um novo sopro de vida. Uma espécie de milagre do “levanta-te e anda” mas em versão canções para “nunca mais esquecer outra vez”. Robot Koch entrou já para esse grupo de refazedor de clássicos em jóias sem preço. Se John Peel descreveu o trabalho do berlinense emigrado para Los Angeles como “wonderful and strange – pop music from the future” a nós resta-nos prestar a vénia devida a ambos, Peel e Koch.

Gravada há cerca de um ano, a versão a que se presta idolatria no parágrafo primeiro deste texto, é o clássico de 1966 dos The Mamas and Papas, “California Dreamin’”. Com a voz de Delhia de France, dos alemães Pentatones, a elevar a versão a níveis absolutamente devastadores de beleza feérica, a banda sonora perfeita para um passeio antes de um homicídio, a voz misteriosa de um ser de outra dimensão que te quer como companhia na eternidade tão doce e ao mesmo tempo tão penosa. Robot Koch e Delhia de France transformam “California Dreamin’” numa murder ballad mais que digna de figurar lado a lado com “Where The Wild Roses Grow” de Cave e Kylie.

Recuperado agora por Hollywood para a banda sonora do filme catástrofe San Andreas, com Dwayne “The Rock” Johnson e que estreia por cá em Junho, o tema ganha uma nova vida e uma exposição mais que merecida e que de outra forma dificilmente teria. Podem ver em baixo o vídeo realizado por Sven Dreesbach e já agora o trailer para o filme de Brad Peyton. Obrigadinho, Hollywood, desta vez estiveste muito bem!

alec peterson sig

 

 

 

 

Robot Koch cali dreamin_typo

 

About The Author

Related Posts