Muito tempo antes das t-shirts de Ramones serem um sinal de um status que ninguém sabe bem qual é, as canções rápidas, eficazes, talhadas a pastilha elástica pop da boa e coladas com um cuspe de alegria, guitarras e pogo tinham em Osaka umas representantes tão ou mais importantes para a história do punk rock quanto os quatro rapazes de franja saídos das ruas de NYC.

As Shonen Knife, sobre as quais o tempo quase parece não ter passado nem nas rugas nem na vivacidade em que enrolam os seus temas de 2 ou 3 minutos, lançaram a 05 de Junho pela Good Charamel Records o seu 21º longa-duração (sim, 21º) e a fórmula vencedora continua a ser isso mesmo: vencedora.

Nada de inovações e as mesmas canções de acordes maiores e a tríade baixo, guitarra e bateria abrilhantadas por uma voz ligeiramente out of tune. As Shonen Knife continuam deliciosas apesar de Naoko Yamano ser o único elemento da formação original.

Hoje a Brooklyn Vegan lançou a premiere do novo vídeo, “Sweet Candy Power”, para ver em baixo.