Os Titus Andronicus estão de volta aos discos e avisam logo à chegada que é para esquecer desde já as guitarras que abrem espaço no möshpit. Os norte-americanos anunciaram o lançamento de A Productive Cough, o disco que dá continuidade à opera-punk-rock de quase hora e meia de The Most Lamentable Tragedy, até agora o último registo de originais da banda de New Jersey.

O álbum de 2015 era, segundo Stickles – o homem do leme dos Titus -, uma estranha metáfora sobre a depressão maníaca, com elementos de filosofia, psicologia e ficção científica lida sob o ponto de vista dos demónios interiores do protagonista e assente na sonoridade habitual rápida e ébria da banda. Três anos depois, o quarteto lança a continuação da história mas desta vez caminhando pelo lado menos comum da sua sonoridade.

[Titus Andonicus] records have always had their fair share of ballads, but they were always buried. Now, they are the cornerstones. (…) The last record [2015’s rock opera The Most Lamentable Tragedy] was very much a culmination of all that had come before—closing, or really slamming, a lot of doors – and to move forward, I had to look for a new door to walk through, only to find a window which had been cracked open all along. [A Productive Cough] is the gentle breeze which had been wafting through, which I can breathe in fully at last.”

A prova da bonança que atinge a música de Patrick Stickles, Liam Betson, Ian Dykstra, RJ Gordon, Chris Wilson, Alex Molini e Matt Miller está em “Number One (In New York)”, o tema que abre caminho ao álbum que já tem data marcada para 02 de Março, pela Merge. Com vídeo realizado por Ray Concepcion – responsável pelo vídeo que dava nome ao disco anterior e que conta na sua filmografia, entre outros, com a narração visual para “Terrible Love” dos The National -, o single de estreia do quinto álbum dos Titus Andronicus começa com sininhos de natal, avança para gongos cósmicos e desagua nas águas plácidas do piano, com a voz de pirata irlandês de Stickles a crescer sobre uma mini-orquestra hillbilly.

Stickles reinventa-se e serena-se no tom, mas não deixa de lado o legado que a obra de Bruce Springsteen ou The Clash lhe inspira, arriscando-se a ter criado uma espécie de sequela para a “Fairy Tale of New York” dos The Pogues… mas sem a aura natalícia da banda de Shane MacGowan.

A Productive Cough é um mini-LP – apesar de ter cerca de uma hora de duração -, de sete músicas que se estica a uma versão para “Like A Rolling Stone” de Bob Dylan mas apenas nos formatos digital e em CD do disco. Vídeo, alinhamento e capa para ver em baixo.

LP Tracklist
1. Number One (In New York)
2. Real Talk
3. Above the Bodega (Local Business)
4. Crass Tattoo
5. Home Alone
6. Mass Transit Madness (Goin’ Loco)

CD/Digital Tracklist
1. Number One (In New York)
2. Real Talk
3. Above the Bodega (Local Business)
4. Crass Tattoo
5. (I’m) Like a Rolling Stone
6. Home Alone
7. Mass Transit Madness (Goin’ Loco)

Titus Andronicus - A Productive Cough

Titus Andronicus – A Productive Cough